• Dr. Crypto

Bitcoin atinge nova máxima em US$51,3 mil com analista confirmando um avanço parabólico "histórico"



Todos os sistemas apontam o Bitcoin enquanto os touros procuram consolidar US$50.000 como suporte e criar o "novo normal" para o BTC/USD.


O Bitcoin (BTC) atingiu nova máxima acima de US$51.200 em 17 de fevereiro, o trader Peter Brandt confirma ser um "avanço parabólico" sem precedentes.


Bitcoin entra na zona de US$50.000 não mapeada


Dados do Cointelegraph Markets e TradingView mostraram BTC/USD ultrapassando o nível de resistência de US$50.000 novamente na quarta-feira, desta vez avançando em território desconhecido.


Na Terça-feira, 16 de fevereiro, foi observado, pela primeira vez, o Bitcoin atingir US$50.000, no entanto, esse nível se manteve por apenas alguns minutos.

Com seu retorno, a maior criptomoeda do mercado está em novo "avanço parabólico" - o quarto em seus doze anos de história, dizem analistas.


"Em um panorama geral, o $BTC Bitcoin está passando por seu terceiro avanço parabólico nesta última década", tuitou Brandt ao lado de um gráfico de preços.


"Um avanço parabólico em uma escala aritmética é extremamente raro - três em uma escala logarítmica é histórico."

Em resposta, o chefe de growth da Kraken, Dan Held, observou que, contando sua fase inicial antes de 2012, houve na verdade quatro avanços parabólicos.


Brandt acrescentou que se o avanço for interrompido, uma correção de 80% será o "mais normal" como consequência baixista. Tal comportamento foi observado em 2018, quando o Bitcoin, após se aproximar de US$20.000, retornou para US$3.100 um ano depois.


Um "novo normal"?


Como relatou o Cointelegraph, vários indicadores, no entanto, sugerem que o Bitcoin está longe de violar qualquer tendência de alta, estando no início, e não no fim de sua corrida altista.


"US$50.000 #Bitcoin é o novo normal", como declarou o CSO Blockstream da Samson Mow na quarta-feira.


Discutindo nova valorização do preço, outros observaram que fatores macro poderiam convergir para criar uma reação em cadeia de adoção, o que levaria o Bitcoin ainda mais adiante na descoberta de novos preços.


"Se você acha que US$50.000 por bitcoin é caro, espere até ouvir que o governo está prestes a imprimir US$1.900.000.000.000, é de tirar o fôlego", acrescentou Documenting Bitcoin, um perfil que é bastante popular no Twitter.


Os dados, por sua vez, mostraram que o Bitcoin, com seu movimento nos últimos dias, tirou o ímpeto de crescimento das altcoins. Todas as criptomoedas no top 10 demonstraram movimento de preço lateralizado, exceto Polkadot (DOT).


Fonte: cointelegraph



0 visualização0 comentário
DOAÇÕES 
BTC: 3HhYh6wwq4SCTu956pt4xLK5J68vCCCbcu
ETH: 0xc154ff56bd8a079baad7bf02eec88c7ffc14abef
LTC: MH97DWVakHvASRNMXgZ3NYcXZpxrmxgx3k
ATM$: ATM-3CEK-S6KE-4JCE-6HFMY
  • Facebook Round
  • Twitter Round
  • Google+ - Black Circle

© WIKICRYPTOMARKET 2018

CNPJ: 08.568.124/0001-80