Casa da Moeda não terá mais o privilégio de impressão do dinheiro






A Casa da Moeda do Brasil que recentemente admitiu o economista e especialista em Bitcoin, Fernando Ulrich, não terá mais o privilégio da impressão do dinheiro no Brasil, de acordo com uma Medida Provisória editada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro em 06 de novembro.


A MP foi assinada pelo presidente em comemoração aos 300 dias de governo e, a partir dela, outras empresas poderão imprimir dinheiro que circula no país desde que sejam habilitadas pela Receita Federal.


A medida começa a valer a partir de 2020 no entanto como além da moeda a instituição realizava a impressão de outros papéis e documentos públicos, o prazo para o fim do privilégio total ficou para 2023.


A Casa da Moeda, assim como o Serpro, empresa pública que vem liderando progressos com a tecnologia blockchain, deve ser privatizadas pela gestão Bolsonaro e já foram incluídas em um plano de privatização.


Como noticiou o Cointelegraph, Fernando Ulrich deve deixar o cargo de economista-chefe da plataforma de investimentos em criptomoedas XDEX, de propriedade dos sócios da XP Investimentos, da qual Ulrich também faz parte. Segundo informações, ele deve seguir na XP Investimento.


Fonte: Cointelegraph


3 visualizações
DOAÇÕES 
BTC: 3HhYh6wwq4SCTu956pt4xLK5J68vCCCbcu
ETH: 0xc154ff56bd8a079baad7bf02eec88c7ffc14abef
LTC: MH97DWVakHvASRNMXgZ3NYcXZpxrmxgx3k
ATM$: ATM-3CEK-S6KE-4JCE-6HFMY
  • Facebook Round
  • Twitter Round
  • Google+ - Black Circle

© WIKICRYPTOMARKET 2018

CNPJ: 08.568.124/0001-80