• Dr. Crypto

Estado de Kentucky, nos EUA, corta impostos de mineradores de bitcoin



Incentivo fiscal vista atrair novos empresários do setor.


A Câmara dos deputados do Kentucky (EUA) aprovou na última terça-feira (2) um projeto de lei que isenta mineradores de criptomoedas do pagamento de impostos ligados à compra de eletricidade. A informação é do jornal Lexington Herald-Leader.


O objetivo, segundo o representante estadual Steven Rudy (Partido Republicano), que é responsável pela proposta, é atrair mais profissionais dessa área para o estado norte-americano.

“Kentucky precisa atrair mais mineração de criptomoedas, e pode fazer isso oferecendo incentivos fiscais sobre a eletricidade que essas instalações consomem”, afirmou ele, de acordo com a publicação.


Agora, o projeto segue para votação no Senado de Kentucky, que funciona como uma instância superior no processo legislativo do estado.


Empresas de mineração


O Kentucky já tem algumas empresas que mineram criptomoedas. Uma delas é a Core Scientific, que foi instalada em novembro de 2019 em uma antiga siderúrgica da região.


De acordo com Rudy, a companhia hoje gasta mais energia para minerar criptomoedas do que a siderúrgica utilizava para processar metais quando ainda estava ativa.

Em janeiro deste ano, o governo do estado também aprovou incentivos fiscais para a empresa Blockware Mining abrir uma operação de mineração de criptomoedas. O investimento total foi de US$ 28,4 milhões.


“Não são apenas algumas pessoas sentadas no porão da casa das suas mães escrevendo códigos; isso é um processo altamente sofisticado e técnico”, disse o político sobre empresas que trabalham com mineração de criptomoedas.


Menos arrecadação de impostos


Políticos democratas questionaram o projeto de lei. Segundo o jornal, eles estariam preocupados com o consumo energético do setor.


Além disso, haveria também preocupações sobre uma menor arrecadação de impostos, já que algumas empresas estão se instalando no estado antes mesmo da aprovação das isenções.


De acordo com uma nota fiscal publicada pelo site The Block, o estado poderia perder US$ 9 milhões por ano em arrecadação.


Apesar dos questionamentos, o projeto teve 19 votos a favor e dois contra.


Polo tecnológico


Além da proposta de isenção de impostos para mineradoras, os políticos também aprovaram um projeto de lei voltado ao fomento da instalação de data centers na região.


Nesse caso, a intenção é isentar os impostos de empresas dispostas que instalem centros de dados no estado, segundo o jornal.


Para se qualificar ao benefício, que é válido por 30 anos, as empresas devem criar pelo menos 20 empregos diretos. Essas companhias também precisariam investir no mínimo US$ 150 milhões, incluindo os prédios e os equipamentos, num período de cinco anos.


Fonte: portal do bitcoin

0 visualização0 comentário
DOAÇÕES 
BTC: 3HhYh6wwq4SCTu956pt4xLK5J68vCCCbcu
ETH: 0xc154ff56bd8a079baad7bf02eec88c7ffc14abef
LTC: MH97DWVakHvASRNMXgZ3NYcXZpxrmxgx3k
ATM$: ATM-3CEK-S6KE-4JCE-6HFMY
  • Facebook Round
  • Twitter Round
  • Google+ - Black Circle

© WIKICRYPTOMARKET 2018

CNPJ: 08.568.124/0001-80