• Dr. Crypto

Exchange Bitso amplia operações no Brasil e nomeia ex-executivo do Nubank como country manager



A Bitso, exchange de criptomoedas baseada no México, anunciou a expansão de suas operações no Brasil, com a nomeação de um Country Manager exclusivo para o país, através de sua assessoria de imprensa.


Em texto enviado ao Cointelegraph Brasil, a Bitso anunciou a escolha de Marcos Jarne, que tem experiência nos últimos cinco anos com o banco digital brasileiro Nubank, para comandar as operações brasileiras da exchange:

"Chego à Bitso com a missão de impulsionar o mercado de criptomoedas no Brasil. Investir em cripto já é uma realidade e queremos tornar esse mercado ainda mais acessível por aqui, oferecendo uma excelente experiência aos clientes. Vemos um ótimo momento no mercado como um todo, com vários exemplos recentes de players, empresas e até governos com maior entendimento e aceitação de cripto. Queremos contribuir para tudo isso, com transparência e diálogo, junto aos clientes e aos principais interlocutores desse ecossistema"

A Bitso foi fundada em 2014 e hoje domina 95% do mercado de criptomoedas no México. A exchange também tem boa presença na Argentina, onde já representa mais de 60% das operações com criptomoedas.


A chegada ao Brasil vem impulsionada por um aporte de investimentos de US$ 62 milhões, em rodada liderada pelos fundos Kaszek e QED e participação de players importantes como a Coinbase.


À Exame, o novo Country Manager explicou como chegou ao criptomercado depois de passar anos no mercado financeiro:

"Acho que além dos mercados cripto e tradicional, existe uma terceira via, que são as fintechs, justamente a de onde eu vim. Tenho estudado muito sobre criptoativos, especialmente porque é um mercado dinâmico, com coisas novas surgindo todos os dias"

Ele também não acredita que as autoridades financeiras brasileiras criem regras para limitar a atuação do criptomercado no país:


"Entendemos bem o papel de regulação e acreditamos que o Brasil tem uma visão positiva, que os reguladores estimulam novas tecnologias. As regras do Bacen e da CVM têm como pilares a competitividade, fomento à inovação"

Como parte dos planos da exchange no Brasil, Marcos Jarne vai expandir a equipe de profissionais e os serviços aos clientes no futuro breve:


"Temos um desafio importante no Brasil, considerando fatores como o tamanho do país, a complexidade de um mercado em consolidação e a educação de potenciais novos clientes"

A assessoria de imprensa da exchange mexicana também anunciou a criação de um seguro internacional contra roubos de carteiras de criptoativos na plataforma da Bitso, que seria a primeira exchange latinoamericana a oferecer esta garantia a seus clientes.

"Temos uma proposta de trazer mais transparência, confiança e segurança para os investidores. Somos a única empresa da América Latina que possui licença para fazer custódia de criptoativos [emitida pelo órgão regulador de Gibraltar]. Também somos a única exchange a oferecer seguro contra roubo de carteiras digitais. Por fim, temos uma plataforma intuitiva, fácil de usar, e falamos a língua dos nossos clientes"

Fonte: cointelegraph

1 visualização0 comentário
DOAÇÕES 
BTC: 3HhYh6wwq4SCTu956pt4xLK5J68vCCCbcu
ETH: 0xc154ff56bd8a079baad7bf02eec88c7ffc14abef
LTC: MH97DWVakHvASRNMXgZ3NYcXZpxrmxgx3k
ATM$: ATM-3CEK-S6KE-4JCE-6HFMY
  • Facebook Round
  • Twitter Round
  • Google+ - Black Circle

© WIKICRYPTOMARKET 2018

CNPJ: 08.568.124/0001-80